Quais os tipos de drones utilizados na topografia

O avanço tecnológico tem permitido ao homem aprimorar as ações de produção e desenvolvimento, em todas as esferas da vida. O aprimoramento dos drones, por exemplo, tem levantado a possibilidade de se utilizar a ferramenta como um método e até mesmo um equipamento para compilação de dados.

topografia com drones já é uma realidade existente e que apresenta diversos benefícios, como redução de custos, produtividade alta e facilidade na operação. Se anteriormente a topografia ficava restrita aos órgãos públicos e era muito cara para uma empresa investir em um mapeamento aéreo, a chegada dos drones modificou essa realidade.


Drones levantam informações detalhadas do terreno


Os drones também são chamados de Veículo Aéreo não Tripulado (VANT) e realizam o mapeamento aéreo do terreno, levantando informações detalhadas sobre o volume da terra que será movimentada, vegetação, erosão, dentre outros dados utilizados na construção civil.

Quando utilizada na topografia, a tecnologia dos drones recebe o nome de fotogrametria. Hoje, existe uma diversidade de drones que realizam esse trabalho, como os multirotores. Compactos e modernos, os drones multirotores são considerados uma evolução tecnológica e possuem uma série de recursos.


Cada tipo de drone tem uma tecnologia específica


O Bepop-Pro Thermal, por exemplo, é utilizado para obter imagens térmicas. Ele fornece visão em alta resolução tanto de imagens térmicas quanto de imagens convencionais, por meio de duas câmeras acopladas.

Já o ANAFI é utilizado para obtenção de informações topográficas e como ferramenta para inspeção. Através de sua câmera que possui orientação vertical de 180º, é possível levantar informações de áreas inacessíveis.

O Bluegrass possui piloto automático, duas câmeras acopladas e é um multirotor de várias funções, fortemente utilizado em mapas agrícolas. O Maptor Agro possui câmera multiespectral e também é utilizado na agricultura de precisão, para análise de falhas e produtividade, saúde e crescimento da vegetação, identificação de pragas e doenças e identificação de deficiência nutricional.

O drone Verok para mapeamento aéreo, por exemplo, pode ser utilizado na topografia, agricultura, mineração e no controle de obras. Possui sensores e multicâmeras e facilita o trabalho em campo.

Enquanto isso, o Maptor possui autonomia de 60 minutos e aumenta a precisão e a qualidade das informações. É voltado tanto para a topografia quanto para a mineração.


Topografia com dronesaumenta produtividade


Enquanto os drones utilizam medição aérea, os sistemas convencionais de topografia fazem uso de trabalhos terrestres, embora os drones também possam utilizar sistemas tradicionais, como os embutidos com o sistema RTK/PPK.

Os resultados alcançados são semelhantes e até melhores que os dos métodos tradicionais. Em mapeamentos de áreas extensas, por exemplo, o método tradicional poderia levar até 30 dias para ser completo. Com métodos utilizando drones, esse tempo pode ser reduzido para um dia.

Além desses tipos de drones, essas ferramentas também podem ser equipadas com câmeras específicas (como as infravermelhas), o que garante melhores resultados.

Ficou interessado e quer saber mais sobre a tecnologia dos drones na topografia? Entre em contato conosco por telefone e descubra nossos serviços. Também acesse nossa galeria de fotos e saiba mais sobre nosso trabalho.