X razões para você investir em inspeção predial com drones

Assim como a internet e as micro-ondas, os drones ou veículos aéreos não tripulados (VANTs) foram criados inicialmente para fins militares. Posteriormente, descobriu-se que eles poderiam ser adaptados e utilizados para uso comercial e facilitar a vida de muitas pessoas.

No caso dos drones, usados principalmente para missões de reconhecimento de território, eles têm sido aproveitados por profissionais do audiovisual para captação de imagens, prestadoras de serviço de entregas e construtoras para levantamento topográfico.

Nos últimos anos, realizar uma inspeção predial também é possível graças aos drones. Neste texto, você vai entender como isso é feito e conhecer 4 razões para investir nesse tipo de serviço com o apoio de um veículo não tripulado.


A importância da inspeção predial


Inspeção predial é o termo comumente utilizado para se referir à autovistoria ou vistoria técnica. Ela se refere à análise de uma parte ou do todo das condições técnicas, de utilização e de manutenção de edificações. A regulamentação desse procedimento é feita de acordo com o município onde é realizado.

Nessa inspeção, o responsável (que pode ser um engenheiro civil ou arquiteto autorizado) faz uma avaliação o estado da obra no momento do registro, assim como diagnosticar possíveis danos na estrutura do edifício.

Além de ser um procedimento essencial para a segurança de todos que fazem uso da edificação (seja residencial ou comercial), a inspeção predial deve ser feita regularmente a fim de identificar problemas o quanto antes. Isso não somente garante uma manutenção mais eficaz como também garante um investimento menor para o reparo ou adequação.


Quatro razões para usar drones na inspeção predial


Investir na realização de uma inspeção predial com drones representa muito mais vantagens para quem precisa. Apontamos 4 razões para fazer isso na próxima autovistoria do seu edifício:


1- Maior precisão


As câmeras instaladas nos drones permitem a captura de imagens em alta resolução (HD) de todos os pontos da fachada. Dessa forma, é possível observar detalhes que podem passar despercebidos a olho nu, como descolamentos, fissuras, trinas e infiltrações.


2- Mais segurança


As inspeções prediais feitas por métodos tradicionais geralmente são feitas com um profissional especialista em alpinismo. Mesmo com sua especialização e experiência, o risco de acidente é sempre altíssimo. Com a utilização de drones, a chance de acidentes dessa natureza é zero.


3- Mais rapidez


A autovistoria pode levar semanas de acordo com as dimensões e o número de problemas encontrados na estrutura externa da edificação com o apoio de alpinistas. Com os drones, a inspeção é feita em tempo menor, sendo possível obter imagens em tempo real.


4- Menor custo


A inspeção feita com drones é mais rápida e eficiente. Isso significa que a produtividade é maior, o que garante redução de despesas tanto com a contratação de pessoas quanto na execução de laudos.


Recomendações importantes


A inspeção predial é feita com base na Norma Brasileira 5674 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), sendo que essa regulamentação específica é destinada aos requisitos para o sistema de gestão de manutenção. Uma das recomendações feitas é que a autovistoria seja feita a cada 3 anos.

Além disso, esse tipo de vistoria deve ser elaborado por um profissional especializado (arquiteto ou engenheiro civil), que deve acompanhar o piloto do drone durante o procedimento. Da mesma forma, o piloto deve estar habilitado para exercer esse tipo de serviço.

Nas nossas galerias de fotos você pode conferir os produtos e serviços oferecidos pela empresa. Se tiver alguma dúvida, entre em contato com a gente por telefone e fale com um de nossos colaboradores!